AS VÁRIAS FACES DA AUTORIA DE CHICO BUARQUE DE HOLLANDA: PARATOPIA CRIADORA E RITOS GENÉTICOS

 Este trabalho de conclusão de curso reúne reflexões e experiências teóricas acerca do projeto “As várias faces da autoria de Chico Buarque de Hollanda: paratopia criadora e ritos genéticos” desenvolvido no Departamento de Letras da UFSCar sob orientação da Profa. Dra. Luciana Salazar Salgado e no âmbito do Grupo de Pesquisa Comunica – reflexões linguísticas sobre comunicação. Trabalhamos com o quadro teórico da Análise do Discurso de linha francesa de base enunciativa, mobilizando, sobretudo a noção de paratopia criadora e sua correlata ritos genéticos, propostas pelo pesquisador Dominique Maingueneau. Observamos o modo como o lugar do autor se constrói através da análise de textos da crítica feita à obra literária de Chico Buarque de Hollanda, especificamente a respeito dos livros Budapeste (2003) e Leite Derramado (2009). Os dados que apresentamos aqui são parte de um corpus de pesquisa mais amplo e estão, a princípio, circunscritos aos acervos digitais dos jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo, no período de 2003 a 2012, mas outras fontes acabaram sendo incorporadas na medida em que os acervos dos jornais apontavam para dados que nos pareceram interessantes.

Palavras-chave: Paratopia; Ritos Genéticos; Crítica Literária; Chico Buarque de Hollanda

 

trabalho completo